Qual a melhor Ferramenta?

Têm me posto esta questão: qual a melhor ferramenta ou qual a melhor ferramenta ágil?

Ferramentas ágeis são como as métricas ágeis…. são apenas ferramentas e métricas, que se podem utilizar na agilidade. Não são por si ágeis.

Dito isto, vamos tentar responder a: qual a melhor ferramenta?

Existem ferramentas no mercado orientadas para a gestão do desenvolvimento de produtos e normalmente apontam ao método kanban e a framework scrum; tipicamente na cloud, facilitam o trabalho remoto e fomentam a transparência sobre o que está a acontecer no processo de desenvolvimento – ou então não 🔒 protegidas pela gestão de utilizadores, ou temos acesso ou não vemos nada…. voltamos aos dark days 🐎⚔️🏹🛡️! Saudades dos post-it na parede ! Quem entra na sala tem visão sobre o trabalho, está lá ! Visível a todos, nada de palavra-passe ! Total transparência ! 

Por um lado,estas ferramentas introduzem um nível de complexidade na sua configuração e uso diário – em especial na gestão de dependências e relacionamento entre work items -, mas por outro, têm um conjunto de métricas e representações gráficas que permitem facilmente acompanhar a evolução dos desenvolvimento, é fácil encontrar o nosso Burndown, gráficos de LeadTime e Cycle Time  ou os Cumulative Flow Diagram aka CFD, e são super visuais… fazemos tudo com ponta do cursor do rato. 🐁🖱️

Existem outras, mais orientadas para a gestão de tarefas; planificadores com cartões que podemos gerir e ir movendo de estado em estado como que de uma board se trate. Nestas, ou melhor, na sua grande maioria, não conseguimos obter directamente métricas, tendo que usar uma folha de cálculo da vida, para realizar este trabalho.

Como passei pela folha de cálculo , nestas, vejo uma questão mais relevante, que é a dificuldade em gerir um backlog e mover as tarefas pelos seus estados. Impossível !? não… mas não é eficaz. 

Assim direi que a melhor ferramenta é aquela que resolve o nosso problema, indo das mais simples como as folhas de cálculo até aquelas que são orientadas especificamente para métodos ou frameworks ágeis, é necessário utilizar a que melhor se adequa ao nosso cenário.

Perfeita nenhuma é ! Mas ajudam bastante.

Portanto, uma boa escolha é aquela que trata do maior número de questões que gostaríamos de responder, normalmente uso esta checklist, adaptando-a claro, ao cenário:

  • fácil gestão de backlog e criação de work items
  • fácil utilização do board para as equipas atualizarem status
  • indicadores e/ou métricas automatizadas
  • customizável para algum cenário pontual
  • permitir alguma forma de extração de dados
  • ter dashboards

Para concluir, a sugestão que vos deixo é que dentro da vossa organização usem apenas uma. Não dispersem conhecimento e informação por várias plataformas. Se ainda não passaram pela necessidade de relacionamento entre vários projetos/produtos ou shared services, quando a tiverem vão entender claramente a necessidade de uma única plataforma.

já agora, folha de cálculo é fixe… mas eu evito !

Partilhe este artigo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Descobre todas as formações
que temos disponíveis.

Publicações Semelhantes

Subescrever Newsletter

A sua mensagem foi enviada com sucesso. Obrigado.​